Publicado por: Wally | Terça-feira, Junho 23, 2009

Watchmen – Contos do Cargueiro Negro

watchmen-tales-of-the-black-frei-1

A história de um marinheiro que sobrevive à um ataque dos assombrosos piratas do Cargueiro Negro. Deixado à deriva no oceano, o marinheiro se vê num trajeto de volta para casa e para a salvação de sua família extremamente tortuoso.

Denso e meticuloso como é o mundo criado por Alan Moore na consagrada HQ “Watchmen”, que dali pôde ser extraído duas histórias valiosamente interessantes. O curta em animação “Contos do Cargueiro Negro” é a atração principal deste DVD exclusivo. Com quase 30 minutos de duração, o curta é de uma morbidez cortante. Escuro, depravado e completamente sem vida, a história é muito pessimista e narra um conto completamente ancorada na alegoria de desistência humana e fragilidade psicológica da mesma. O conto de um capitão do oceano que é deixado a sós no mar após o assassinato de seus companheiros e a destruição de seu navio pelos temidos piratas do Cargueiro Negro é algo que só pode ter saído de uma mente realmente temerosa.

Roteirizado pelo diretor de “Watchmen – O Filme” e de “300”, Zack Snyder, o “conto” do Cargueiro Negro (sim, singular, não plural) é de fato uma história dentro da história. Algo extraído do mundo detalhado e fenomenal construído por Moore em sua HQ. Todos sabem que “Watchmen – O Filme” (e a gibi) trata-se substancialmente de um mundo obscuro e sinistro, onde os humanos vivem sob clima de ameaça constante e estão prestes a aniquilarem a si mesmos, tendo como testemunhas um grupo de vigilantes mascarados que presenciam a queda após serem depostos. O curta carrega uma aura ainda mais dark. Seu personagem principal é depravado e começa a se debilitar dentro de sua insanidade e desespero. E isso é muito bem pontuado pela direção, que exagera nos visuais surreais como se capturasse o que houvesse passando dentro da cabeça do próprio homem selvagem. O destino do “capitão” é ainda mais sinistro pelas suas implicações humanas. Ver onde o desespero, a angústia, a insanidade e, principalmente, o ódio o leva é algo que leva à reflexão. Essa acidez que rege o conto é eficiente, e o curta deixa uma impressão. Violento, sujo e depravado como seu personagem, sua mensagem é a de que o ódio destrói a alma. E ele envia tal mensagem com pompa e muito barulho.

Lançado especialmente para uma edição em DVD especial, “Contos do Cargueiro Negro” vem acompanhado de uma espécie de “extra” que se torna em teoria um complemento realmente especial para “Watchmen – O Filme”. E, enquanto o curta em animação possa funcionar para quem desconhece o mundo de Watchmen (HQ ou filme), o mesmo não se pode ser dito por “Sob o Capuz”, um falso-documentário que depende completamente do filme (ou da HQ). O também curta-metragem é uma adaptação de uma série jornalística que aparecia ao fim de todos os volumes lançados da HQ de Watchmen, e é uma série ficcional que serve para aumentar o mundo regido em Watchmen para algo real, pop e tridimensional. Em “Sob o Capuz”, um ex-Watchmen denominado “O Coruja” conta sua história como vigilante mascarado. No curta, somos apresentados a isso como uma entrevista. O Coruja sendo entrevistado e narrando sobre o que envolvia o grupo de vigilantes. Seus anseios, temores, inspirações e como o mundo funcionava. Também possui entrevistas adicionais com outra ex-Watchmen, a “Espectral”, ou Carla Gugino. É um curta interessante e até bem informativo para quem (como eu) gostou do filme (ou da HQ) e é fascinado por esta realidade alternativa. Não vai funcionar para mais ninguém.

É difícil, alias, ver este DVD realmente agradando alguém por possuir, tecnicamente, apenas um curta em animação de menos de 30 minutos se não incluirmos o “extra”, “Sob o Capuz”. É fato que Snyder e companhia poderiam ter ido além e realizado mais curtas e concluído assim o que o título fizesse jus e fosse não apenas “conto”, mas “contos” do Cargueiro Negro. Expandisse a imaginação e criasse outros episódios acerca do tema. Não abandonando sua essência, vale dizer. Fica aí o pesar. Mas quem não se incomodar – e gostar especialmente do mundo dos Watchmen – fica aí a dica. É difícil, portanto, avaliar toda a experiência. Mas o saldo é sem dúvida positivo. Só deveriam ter feito uma edição mais completa – e menos exclusiva para fãs.

tales-of-the-black-freighter-cover

star1star1star1

Tales of the Black Freighter (2009)
Direção:
Daniel DelPurgatorio, Mike Smith
Roteiro: Zack Snyder, Alex Tse
Elenco: Gerard Butler, Cam Clarke, Siobhan Flynn, Jared Harris, Salli Saffioti
(Animação, 26 minutos)

Disponibilidade | Já nas locadoras.

Advertisements

Responses

  1. Tenho ele aqui, mas ainda não vi, apesar de bem curtinho.
    Esse “Sob o Capuz” não me interessa muito.
    Quero ler ainda as HQs de Watchmen. Vou pegar com um amigo meu, a versão definitiva, lançada recentemente.
    Gostei muito do filme.

  2. Não conheço nada das HQs e ainda nem conferi o longa-metragem, mas fiquei curioso em relação a esse curta animado – pena que não vá além daquilo que podemos esperar de uma produção do gênero.

  3. Gostei por ser fã da HQ, mas não acho que funcione corretamente pra quem não sabe do contexto em que está inserido na história principal.

    Abs!

  4. Olá Wally! Cara, Watchmen, o longa-metragem, foi um dos filmes que mais gostei esse ano. Estou longe de ser um fã de HQs mas gostei tanto da história que acabei comprando uma edição especial da obra de Alan Moore, por todo contexto que ela apresenta. Desconhecia esse curta-metragem, mas sem dúvida desperou o meu interesse, até por ter um dedo do Snyder… abs.

    • Ibertson, tenho a HQ no PC, mas quero comprar esta versão. E o filme é legal, inclusive o “Sob o Capuz”.

      Vinícius, é, realmente não vai além. Mas ainda assim é bem recomendável. Veja depois do filme.

      Bruno, o curta até que funciona sem o contexto, mas para quem conhece, será ainda melhor, claro. É o “Sob o Capuz” que funciona exclusivamente sob o contexto do filme (ou HQ).

      Charles, também adorei o filme sem ter lido a HQ. E veja sim este filme se o mundo dos Watchmen lhe interessa tanto.

  5. Tenho de arranjar esta história, gostei imenso que acompanhar a sua leitura em Watchmen.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: