Publicado por: Wally | Segunda-feira, Dezembro 8, 2008

Treinando o Papai

 

Uma astro famoso do futebol americano na NFL descobre repentinamente, no auge da sua carreira, que tem uma filha de 8 anos, quando esta simplesmente aparece à sua porta.

Já vimos isso antes. Grande astro de filmes de pancadaria de ação atua como principal em bonitinha história infantil cômica. “Operação Babá”, com Vin Diesel, foi uma péssima tentativa de mal gosto em trazer o astro para outro público. Dwayne “The Rock” Johnson é o astro da vez e, recentemente, emplacou um revelador papel no polêmico “Southland Tales – O Fim do Mundo”, de Richard Kelly. O papel serviu para provar que Johnson tem sim talento, isolando até mesmo seu nome de boxeador dos créditos (o tal “The Rock”). E em Treinando o Papai, por mais tolo e cliché que possa parecer seu personagem, Johnson insere carisma supérfluo no personagem, ainda construindo uma química bastante divertida com a pequena Madison Pettis, que faz sua filha. A personagem da garota é, por sua vez,  assustadoramente e irregularmente sábia demais para sua idade, com planos e diálogos dificéis de engolir. Ainda assim, a dupla consegue fazer boa química e são o destaque do filme, que em nada acrescenta às incontáveis comédias da Disney que seguem a mesma cartilha.

Então, por mais que “Treinando o Papai” possa transmitir bastante sentimento em momentos e ter boa qualidade química entre os protagonistas (virtudes que o isolam de muita merda voando por aí), não tem como evitar seus fracassos, que são mais déjà vus incansáveis do próprio gênero extremamente limitado. É tudo muito óbvio e nem os menos cínicos são capazes de digerirem certos elementos adocicados demais lançados pelo roteiro bobinho. O filme é bem sessão da tarde, guardando os mesmos fatores, o mesmo final altamente previsível (e, claro, indispensável), e toda aquela fórmula manjada de dois antagonistas que vão percebendo semelhanças, colocando de lado as diferenças e que começam a amolecer o coração um do outro. Bem típico.

O filme é dirigido por Andy Fickman, que estreiou nos cinemas há dois anos com o divertido filme adolescente “Ela é o Cara”. Muita da energia de Fickman é vista também em “Treinando o Papai”, ainda que em menor grau. O problema é que se torna difícil encarar o filme com certo descompromisso quando este apresenta-se com praticamente duas longas horas de duração. É muito tempo para pouco conteúdo. E, passado sua metade, o cansaço já começa a bater. O roteiro, por sua vez, foi escrito à três mãos (todas mulheres), e tudo é bastante ingênuo. Tem seus momentos de leveza e descomprometimento, mas o pacote em sí soa carregado.

O filme foi certo sucesso de bilheteria (principalmente nos EUA) e tem mesmo todos os elementos para agradar o povão. Eu, por outro lado, já estou meio cansado e saturado com este típo de conto família, onde tudo soa extremamente previsível, bobo e sem grandes inspirações. O público alvo vai sair contente, mas o filme fará pouco além de seus limites (que são curtos). Talvez seria do típo de sessão que ficaria mais exuta como um especial do canal Disney (que tanto marcaram minha infância), mas nem tanto como uma obra cinematográfica. O compromisso é simplesmente maior. Então ver um brutamonte como Dwayne Johnson cair sob o comando de uma precoce garotinha de 8 anos pode não agradar a todos. Mas a dupla faz bem em cojunto e releva muito. Ao contrário do resto do elenco, que inclui uma Kyra Sedgwick um tanto perdida, Roselyn Sanchez no seu típico papel de gostosa e aqueles outros babacas que fazem os “amigos” do herói. Enfim, veja por sua própria conta e risco. Não tem muito a oferecer, mas também não é um completo desastre.

Nota: 5,0

The Game Plan (2007)
Direção:
Andy Fickman
Roteiro: Nichole Millard, Kathryn Price, Audrey Wells
Elenco: Dwayne Johnson, Madison Pettis, Kyra Sedgwick, Roselyn Sanchez, Morris Chestnut, Hayes MacArthur, Brian J. White
[Comédia, 110 minutos]


Responses

  1. Seu texto diz tudo… o filme te cara de obra requentada… já vimos está história.

    Abraço

  2. Wally, uma coisa: pq Dwayne Johnson insiste como ator???

    E coitada da Kyra Sedgwick por aqui…

    Abraços!

  3. Não gosto desse estilo de filme.
    Independente de nota, esse eu dispenso de cara. =)

  4. Mesmo ela estando totalmente perdida, só quero conferir este filme por causa da Kyra Sedgwick!

  5. Ultimamente estou evitando esse tipo de comédia, Wally, mas devo conferir apenas pela presença da maravilhosa Kyra Sedgwick – ainda que ela dificilmente acerte no cinema como você mesmo comentou.

  6. Caro Cine Vita,

    O Keyzer Soze’s Place convida o moderador deste blogue a participar na votação dos Óscares de Marketing Cinematográfico, iniciativa que nomeará o melhor em publicidade de Cinema no ano de 2008.

    A votação pode ser efectuada em http://sozekeyser.blogspot.com/2008/12/scares-de-marketing-cinematogrfico.html.

    Desde já, apresento o meu profundo agradecimento na tua disponibilidade para participar nesta iniciativa.

    Cumprimentos cinéfilos!

  7. kau o the rock continua insistindo pq os filmes dele sao vistos uai.

    nao espero mto do filme mas essa menina é linda huahuahua.
    bjokas,
    vivi

  8. E mais uma vez uma comédia não me chama a atenção; uma pena.

    Abraços!

  9. Wally, estou passando pra convidar você para participar do 1º Bolão que o Talking About Movies está promovendo. Mais informações sobre como participar e demais regras estão no nosso blog. Do lado direito da página blog temos o logo do evento, é só clicar ali e deixar suas dúvidas e sugestões nos comentários.
    Contamos com a sua participação.
    Abraço!

  10. O filme é engraçadinho e carismático. Mas não me cativou. Achei que foi muita baboseira de sempre. Existem dezenas de filmes “iguais”.

    Abraço!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: