Publicado por: Wally | Sexta-feira, Março 28, 2008

Guardiões do Dia


Lançamento direto em DVD
day-watch-a.jpg
Alucinações do além

Depois de ter ajudado a salvar a trequa entre os seres do escuro e os seres da luz, Anton agora se vê um passo atrás dos guardiões do dia, os tais seres do escuro, quando um evento apocalíptico assolta a cidade de Moscow. Mas com o giz do destino em mãos, Anton promete mudar muita coisa.

Um filme russo ambicioso e mais grandioso que muito filme Hollywoodiano por aí, Guardiões do Dia, continuação de Guardiões da Noite, tem um visual de tirar o fôlego. Seriamente, do típo de longa que merece ser apreciado no escurinho do cinema. Porém, como no filme anterior, sofre dos mesmos problemas de narrativa, de roteiro e da direção de Timur que, apesar de completamente inventivo, audaz e ousado, arquitetando visuais magníficos e inserindo a audiência em um mundo único e surrealmente divertido, ainda não sabe exatamente como administrar uma história tão complexa quanto essa, cheia de detalhes e personagens. Consequentemente, nem tudo fica claro, muito fica bagunçado e perde-se um pouco do prazer. Mas uma coisa é certa: é escapismo dos mais gratificantes.

Para começar, não recomendo para ninguém que não tenha conferido ao filme anterior. É necessário. E vale a pena também, pois é tão bom quanto esse, não mais, não menos. Não são grandes filmes, longe disso, especificamente pelos motivos que listei acima. O diretor é um mestre dos visuais e da criatividade, mas quando trata-se de administrar o roteiro (que talvez seja até bom) ele falha estrondosamente. O tom épico, surreal e imaginativo do filme, que ganha tratamento de luxo por uma direção de arte esplêndida, fotografia perfeita e efeitos especiais impecáveis, acabam conquistando a audiência muito mais do que ela espera. Ou seja, é uma viagem essêncialmente visual. Você entra na sessão sem expectátiva e não pedindo muito da história, e sairá satisfeito ao final.

O filme ainda conta com valioso elenco. Você com certeza não vai se lembrar do nome deles, afinal, são complicadíssimos, mas é incontesável que o charme de Konstantin Khabensky não fique com você bem depois que a sessão termina. É um dos pontos positivos do filme. Não se poderia divertir se não houvesse alguma espécie de identificação válida com algum personagem do enredo (que são muitos) e se torna fácil gostar e torcer por Anton, um homem com dificuldades mas lutando pelo bem, a todo custo. Focando porém, seu desejo de um dia poder definitivamente viver com seu filho em paz, do qual perdeu tão friamente para a escuridão. Essas tramas mais pessoais acabam entregando ao filme outro valor. Tudo não termina de forma fria e apenas apoiado na estética. Tem uma alma aqui. Bem bagunçada, mas tem. E acima de tudo, paixão. É visível a dedicação do cineasta em contar sua história da forma que quer, sem restrições. Ele atinge, com isso, os limites da imaginação e uma definitiva viagem tão alucinante quando as luzes do além.

Por esses motivos que acabo não resistindo à produção e recomendando ao filme. É, afinal, agradável de se ver, e os olhos agradecem, mesmo com a duração excessiva deste capítulo de mais de duas horas. Para quem não sabe, a série de Guardiões foi um hit tão grande na Rússia que é considerado o maior sucesso do país, desbancando filmes de Hollywood de longe. Este último quebrou todos os recordes. Hollywood, por isso, ficou com inveja. A verdade é que foi construído como uma trilogia e o próximo capítulo será chamado Guardiões do Crepúsculo. Mas Hollywood não deixa barato e comprou os direitos desse terceiro filme, cuja estréia está prevista para 2009. Ridículo, já que a série perderá a identidade, mesmo que o diretor continue no comando. O elenco, por exemplo, será todo subsituido, já que o filme será falado em inglês. É triste e uma pena. Só espero que Timur tenha mais uma vez toda a liberdade que já teve com esse novo capítulo e – melhor ainda – que tenha aprendido com seus erros e que tente construir – ignorando Hollywood – um entretenimento consistente. Pelo menos assim talvez a série seja lembrada por sua parte técnica impecável no Oscar.

day-watch-b.jpg

[Dnevnoy dozor, 2006]
Direção:
Timur Bekmambetov
Roteiro: Timur Bekmambetov, colaborado por Alexander Talal, baseado no livro de Sergei Lukyanenko & Vladimir Vasilev
Elenco: Konstantin Khabensky Mariya Poroshina Vladimir Menshov Galina Tyunina Viktor Verzhbitsky
[Ficção, 146 minutos]

No Cine Pulp: Desbravadores de Marcus Nispel


Responses

  1. Ainda não vi nem o primeiro filme. Só os trailers. Parece doido.

    Abs! Bom final de semana!

  2. Também não vi o primeiro filme. Somente o trailer e concordo com o Otavio: parece uma coisa meio doida.

    Se não me engano, esse diretor será o mesmo de “Wanted”, com Angelina Jolie e James McAvoy.

    Bom final de semana!

  3. Não tenho muita curiosidade à respeito do filme, mas adorei o cartaz que você postou.

    Abraço!!!

  4. Wally. Eu fiquei com “Guardiões da Noite” aqui em casa bom o tempo e acabei não vendo por falta de tempo – e até porque a multa na locadora já estava gigantesca. Ou seja, para ver esse, terei que pegar o outro também. Abraço!

  5. Não assisti este filme, embora já tenha topado com ele em videolocadoras. A capa do dvd é extremamente chamativa (ao menos para mim) e até agora não entendi porque não aluguei. o roteiro parece ser interessante. E gosteida sua cotação: três etrelas já são suficientes para que eu fique motivado a ver um filme.
    Abraço!

  6. taí uam dica interessante, vou procurar conhecer os dois filmes… curti a arte da capa…
    abraços

  7. Tenho curiosade em ver os dois, mas ainda não tive oportunidade. Depois dessa crítica vou dar uma chance.

  8. Fiquei curioso! Vou procurar os dois filmes!

  9. Otavio, é doido mesmo, rsrsrs.

    Kamila, é o mesmo diretor sim. E Otavio ta certo, é muito doido.

    Pedro, é belo cartaz para um filme cuja estética é um arraso.

    Vinicius, realmente terá que ver o primeiro antes desse.

    Weiner, espero que goste de ambos.

    Rodrigo, procure ver, vale a pena.

    Lucas, merece uma chance sim.

    André, procure, vale a pena.

    Ciao!

  10. Este filme – e o que antecedeu – tinha potencial para ser muito melhor, mas apesar de confuso é muito entretido e imaginativo.

  11. O primeiro “Guardiões da Noite” é uma viagem alucinada, mas muito interessante que deixou quem assistiu louco para ver a continuação.
    Ainda não assisti este, mas está na fila.

    Estou colocando seu link no meu blog.

    Faça uma visita.

    Abraço

  12. Vi o trailer de “Guardiões da noite” no cinema quando fui assistir ao filme “A Ilha” (aquele dos clones). Realmente não entendi nada, mas a cena em que Zavulon faz com que o carro dos guardiões da noite passe por cima dele, foi suficiente para querer assistir ao filme. Porém, o tal filme nunca passou pelos cinemas do Recife e em seu lugar apareceu uma cópia rabugenta de Hollywood chamada “Anjos da noite”, que com sua estética tentou imitar o filme Russo.

    Foi então que achei “Guardiões do Dia” numa locadora perto de casa. Confesso que não havia entendido nada do filme, mas o assisti pela segunda vez e me apaixonei pela estética. Assim fiquei sabendo que havia uma primeira parte e quando assisti…Fantástico!!! Os dois filmes se complementavam de tal forma que assisti aos dois seguido, sem intervalo.

    Fico muito triste, mas muito triste mesmo, ao saber que a terceira parte será filmada por hollywood (QUE MERDA). Pois o filme não terá graça sem os protagonistas Russos. Os EUA ficaram com tanta inveja que devem ter pago muito caro pelo terceiro filme ao ponto do diretor Russo não ter recusado a oferta. É uma pena que os EUA mandem realmente no mundo – celebremos o nosso Zeitgeist!

    Viva Obama!

  13. […] um que já viu “Guardiões da Noite” ou “Guardiões do Dia” (duas primeiras partes de uma trilogia), sabe como o diretor Timur Bekmambetov é louco, […]


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: