Publicado por: Wally | Quarta-feira, Fevereiro 27, 2008

Vita2008: Melhor Fotografia

1°- O Assassinato de Jesse James pelo Covarde Robert Ford • de Roger Deakins
assassination02.jpg

Cada plano desse filme é de uma beleza única, parece até uma pintura em movimento. É belíssimo. E Deakins merece toda a glória e todos os elogios. Seu trabalho é irretocável e majestoso. Magnífico em todos os sentidos. Desde os enquadramentos, aos movimentos, à pura beleza estética. Deakins teve outra bela fotografia em 2007: No Vale das Sombras.

2°- Zodíaco • de Harris Savides
zodiac03.jpg

Além de possuir uma sofisticada direção de arte, a fotografia é um primor ainda maior, capturando brilhantemente a época e realçando o clima noir e sombrio de São Francisco. Algumas tomadas são geniais e os movimentos de camera, como um que segue uma vizinhança toda pelo carro, se revelam incríveis.

3°- Babel • de Rodrigo Prieto
babel04.jpg

A jornada em Babel é fotografada maravilhosamente, capturando cada país com uma essencia diferente, criando contrastes e formando um painel glorioso de culturas e imagens. Atinge o pique nos momentos do deserto e em Tóquio.

4°- Maria Antonieta • de Lance Acord
antoinette05.jpg

Capturando belíssimas imagens, paisagens e melhorando ainda mais o mundo visual do filme de Coppola, que ainda contava com primorosos figurinos e cenários, é uma fotografia realmente deslumbrante e completamente conquistadora, mesmo que pouco ousada nos movimentos, os enquadramentos são impecáveis.

5°- A Conquista da Honra • de Tom Stern
flags01.jpg

Poucos filmes de guerra são tão bem fotografados. A guerra fica até bela e sedutora, mesmo suja de sangue e sofrimento. É um trabalho verdadeiramente admirável e de grande força. Adorei bastante. Tom Stern ainda foi dono da fotografia ótima de Cartas de Iwo Jima e a boa de Um Beijo a Mais.

Filmes elegíveis
Outras categorias: Melhor Montagem Melhor Trilha Sonora Original Melhor Canção Original Melhor Elenco Melhor Direção de Arte e Cenários Melhor Figurino Melhores Efeitos Visuais Melhor Diretor Revelação Melhor Ator/Atriz Revelação • Melhor Maquiagem Melhor Coletanea Melhores Efeitos Sonoros  Melhor Cartaz


Responses

  1. Sem dúvida uma bela escolha, acho que não há nada mais memorável nessa área em 2007 do que o trabalho do Roger Deakins em “Jesse James”. Gostei muito da lista de indicados, só não de “A Conquista da Honra” – adorada pelos blogueiros, mas não vi nada de mais na técnica do filme.

    Abraço!

  2. Das fotografias indicadas, prefiro “A Conquista da Honra”. Certamente não foram nada memoráveis em 2007, como disse o Vinícius. Tanto, que quem vence na minha lista é “O Despertar de Uma Paixão”

  3. Jesse James sem dúvida – em segundo Zodíaco (que tem uma reconstituição de época, mas principalmente de clima que fica impresso na fotografia do filme)

  4. Meu trabalho de fotografia preferido do ano de 2007 foi o de Richard Dryburgh em “O Despertar de Uma Paixão”, um trabalho magistral. Também gostei de “Jesse James”, e a fotografia de “Maria Antonieta”, como todo o filme, é um luxo só.
    Abraço!!!!

  5. Nossa. cda dia qe passa quero aidna mais assistir Babel. puts so vejo elogios em relação ao filme, vou comprar o DVD logO!

    Já Zodiaco nao sei c já lhe disse isso, mais não cuportei o filme, de verdade. achei irritante! Mais fazer o qné; os outros ainda nap vi!

  6. Não gosto da fotografia exagerada de JESSE JAMES.

    Wally, vc viu GUARDIÕES DO DIA. Eu não vi nem o primeiro. Devo alugar os dois? vale a pena?

    Abs!

  7. Da sua lista, só não conheço ainda o trabalho do filme “O Assassinato de Jesse James pelo Covarde Robert Ford”, mas, tendo em vista os elogios que essa fotografia recebeu da crítica, acho que é mais do que justo que ela seja a sua preferida de 2007.

  8. Vinicius, que bom que concorda! Mas adorei a parte técnica de A Conquista da Honra, mais que a de Cartas de Iwo Jima, tirando efeitos sonoros e montagem.

    Matheus, discordo. Adorei muitas fotografias ano passado, tive até alguns desclassificados como O Bom Pastor, Os Donos da Noite e esse O Despertar de uma Paixão, cuja fotografia me agradou mas nem tanto. Veja Jesse James assim que puder.

    Felipe, é isso mesmo. Disse tudo! ;)

    Weiner, sou um dos poucos que não achou grande coisa a fotografia de Despertar. Gostei bastante, mas nunca a indicaria, o ano teria que ser bem fraco.

    Lucas, amo Babel, mas adoro Zodíaco também. ;)

    Otavio, poxa, eu adoro. Para mim, cada plano é como se fosse uma pintura. Sobre a série dos Guardiões, eu gostei de ambos, mas fique sabendo que é essencialmente visual e direção ousada, não procure consistencia, pois irá se decepcionar.

    Kamila, veja logo, gostei muito do filme e de sua fotografia magnífica.

    Ciao!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: