Publicado por: Wally | Domingo, Janeiro 27, 2008

Eu Sei Quem Me Matou

Lançamento direto em DVD
killed.jpg
Memórias de uma puta triste

Depois de descobrirem o corpo de uma garota desaparecida todo esquartejado, uma pacata cidade entra em alerta. As coisas pioram quando Aubrey Fleming desaparece, sendo sequestrada e torturada por um sádico serial killer. Tempos depois, encontram Aubrey com o corpo todo danificado. Mas depois que a garota se recupera, insiste que não é Aubrey, que aqueles pais não são dela e que aquela cidade não é onde mora, e que seu nome é, na verdade, Dakota Moss.

Em um dos inúmeros momentos patéticos deste medíocre thriller, a personagem de Dakota, depois de uma abrupta revelação, diz: “Eu sei quem me matou.”. Foi com essa cena e esse específico diálogo que tudo desmoronou e compreendi, apesar da sessão até ali ja ter sido torturosa, o grande ridículo desse esquisito e estranhamente tolo filme. Primeiro porque o diálogo foi extremamente incoerente, fora de lugar, sem sentido e inserido alí simplesmente para justificar o título do filme. Segundo pois, com isso, percebemos como o título é tosco. Fabricado só como uma pura campanha de marketing, o título foi criado apenas para vender o filme e despertar interesse, quando, na verdade, não faz sentido com o resto do filme.

killed1.jpgExplico: ninguém morre. Ninguém mata, ninguém morre e, vamos ser sinceros, a não ser que estejamos falando de um filme sobre viagem no tempo, é impossível saber quem te matou, principalmente se, em primeiro lugar, voce não morreu. E sim, o filme não esta nem perto de ser uma ficção, só tratando de um tema sobrenatural. E com isso, começo, do nada, a dar gargalhadas. Foi ridículo tudo isso, e o que já era um filme ruim, se torna ainda pior. Foi o fundo do poço para Lindsay Lohan. E me entristece que tenha se rebaixado ao nível de ter que se tornar uma puta triste. Aquela garotinha charmosa e carismática de Operação Cupido já era. Considero seu auge quando fez os divertidíssimos Sexta-feira Muito Louca e Meninas Malvadas, ótimas comédias. E mesmo com alguns tropeços, não podiamos exatamente chamar ela de um fracasso. Mas aí veio Ela é a Poderosa, onde faz uma completa promíscua de forma péssima, e agora com este infeliz filminho, felizmente lançado direto em DVD no Brasil, adeus de vez.

Mas não posso dizer que Lohan esteja completamente perdida no filme. Fico ainda mais triste em constatar que ela parece realmente confortável no papel, ou seria, nos papeis? Como Aubrey, ela ta péssima. Tenta fazer uma garotinha inocente e vitimizada, caindo no ridículo. Como Dakota, não posso dizer o mesmo. Não tenho o objetivo de ser rude com a atriz conhecida por ser bulímica, alcólica e promíscua, mas ela faz uma prostituta muito melhor do que uma patricinha. De qualquer forma, não ajuda em nada no filme. Ou melhor, pelo menos deixa as inúmeras, repetivas e arrastadas cenas de striptease mais digeríveis. Afinal de contas, olhando através dos defeitos, Lohan realmente tem corpo e é sexy. Mas, na falta de um roteiro consistente e de uma direção criativa, fizeram das cenas de strip mais de 30% do filme. Cansou, irritou e mostrou de forma ainda mais explícita a mediocridade tremenda do filme.

Contendo um visual que tenta a todo momento se tornar belo, é outra coisa que cai no excesso no filme. Altamente estilizado, exagera nas cores e torna a estética muito escura, feia, e desagradável. Para piorar, é um filme que cai como uma luva no termo “torture porn”. Enquanto uma é torturada de um lado, berrando, gritando e entrando em desespero, a outra está numa casa de strip fazendo gestos obscenos com o corpo. O filme até envolve, estranhamente, já que cria um mistério do qual voce quer muito ver solucionado, mas a execução foi tão pobre e as respostas tão medonhas, que nada justifca nada. Um filme realmente trágico e infeliz, que não justifica seus 100 minutos de duração ou ainda mesmo sua produção. Nunca deveria ter sido feito. Talvez assim Lohan ainda teria um pouco mais de credibilidade e eu ainda teria aqueles 100 minutos para ter feito outra coisa menos sofrível e boba.

[I Know Who Killed Me, 2007] Dirigido por Chris Sivertson. Escrito por Jeff Hammond. Com Lindsay Lohan, Julia Ormond, Neal McDonough, Brian Geraghty, Garcelle Beauvais e Spencer Garrett. [Thriller, 105 minutos]

killed2.jpg


Responses

  1. Nossa, Wally, você tem muita coragem mesmo ;) Mas sabe que até tenho curiosidade de ver esse filme por causa da Lohan? Contudo, depois das indicações ao Framboesa de Ouro, acho que não farei. Uma pena que a carreira da atriz está indo de mal a pior…

    Uma coisa que queria comentar: sempre acho seus títulos tão originais! Caem como uma luva para o filme em questão – mesmo que nesse caso eu não o tenha visto.

    Abraço!

  2. O meu voto para o Framboesa de Ouro vai para Eu Sei Quem me Matou. E infelizmente, Lohan pode levar o framboesa também.

    Belo texto.

    Abraço.

  3. Faz tempo que Lindsay Lohan deixou de me surpreender. Gostei muito quando você mencionou “Sexta Feira Muito Louca” e “Meninas Malvadas” como bons trabalhos da moça, porque foi neles que eu comecei a me interessar por seu talento. Bom, pelo menos eu acredito que ela tenha algum talento, mesmo que difuso; contudo, “Ela é a Poderosa” me deixou com uma imensa pulga atrás da orelha. É lamentável que uma moça que prometesse tanto acabasse assim, em produções de nível baixo e envolvida até os cabelos com escândalos. Aliás, li ontem que ela e Heath Ledger estavam se encontrando esporadicamente, com intenções unicamente “sujas”; foi assim que estava escrito na reportagem. Bom, ainda torço por ela; de um tempo pra cá pessoas assim, ao invés de me dar aversão, tem mexido com meu sentimento de pena.
    P.S Julia Ormond no elenco… Ela é (ou foi) uma ótima atriz. O que aconteceu…?

  4. ODEIO Lindsay Lohan. Desisti completamente dela depois de “Ela é a Poderosa”, então vou passar bem longe desse. Coragem a tua, hein?!

  5. ahaha.. Lindsay Lohan lidera as indicações a um dos melhores premios do cinema… o framboesa de ouro.. que pena que quem ganha não gosta tanto…rs… pq será??
    cara, pelo que já li sobre essa “obra de arte” vc foi até bonzinho em dar uma estrelinha pro filme, rs…
    quando li o titulo achei que o livro tinha sido adaptado pros cinemas, ahahaha.. que nóia a minha..rs…
    Quanto a Lindsay… curtia ela.. o que aconteceu com ela? desabou totalmente.. achava ela tao legalzinha no meninas malvadas… que pena… e olha que nem acho ela muito gata… é pegável apenas, hahah.. que horor, ahaha… comentario machista do caramba esse, rs…
    abraços

  6. Vini, só veja se realmente não tiver nada para fazer. Mas nem assim valerá a pena. Bem, um crítico da SET deu nota 7 para o filme…opinião é relativo né. Eu odiei. E obrigado, normalmente meus títulos refletem o conteúdo do filme, mas as vezes, fazem referencia há algum elemento em especial somente.

    Pedro, ainda acho Norbit pior. Hehehe, mas Lohan merece levar. Por Aubrey, já que como Dakota não fez muito esforço e não foi tão mal, se é que voce me entende…

    Matheus, não tenha minha coragem. ;)

    Rodrigo, como disse, é triste ver uma atriz tão promissora em uma merda tão grande.

    Ciao!

    Weiner, realmente Lohan começou promissora e simplesmente caiu naquele velho cliché de estrela jovem em ascenção. Agora só faz merda. E esse foi sua baixa. Julia Ormond ta ruim no filme. Foi até foi indicada ao Framboesa coitada…

  7. […] Já no Framboesa de Ouro não teve para mais ninguém. O desastre Eu Sei Quem Me Matou, protagonizado pela Lindsay Lohan, bateu o recorde da premiação com 8 prêmios no total, […]

  8. Quando assiti os seus filmes,ouvi suas musicas,te achei super incrivel,mas por te feito esse filme idiota (EU SEI QUEM ME MATOU)nao te muda em nada,pois seu jeito de ser nao vai ser destruido so por causa dessa bobagem (que e esse filme)OK so iss q tenho para dizer para todos….PAREM DE FAZER MAL AOS ARTISTAS COM ESSAS BOBAGENS DE PALPITAR SE O FILME E BOM OU E RUIM!!!!! ELES TAMBEM TEM SENTIMENTOS, E ISSO CHATEIA-OS…E AOS PAPARAZZIS QUE VAO CATAR COQUINHO E DEIXE A VIDA DOS ARTISTAS EM PAZ …E AOS ARTISTAS,ELES SO TENTAM ALEGRAR A GENTE SEDO FILME DE COMEDIA,TERROR,MUSICAS QUE FAÇAM E CANTAM,E PARA ALEGRAR AS PESSOAS…. isso e tudo que tenho a dizer Jennifer Karen!!!!!!!!!!!

  9. Sou fa de filmes de terror e principalmente filmes que nos fazem analisar o porque do porque. Mas esse filme, alem de cansativo, foi incoerente e forcaram a amizade.
    Daonde que a Aubrey estaria viva dentro do caixao, sem ar, depois de ter sido mutilada?Com certeza ela ja teria morrido por falta de ar, ou por perda de sangue ou aindasimplesmente pelo panico de ter sido enterrada viva!
    Tb achei muito confuso pq como que a Dakota poderia ter vivido as mesmas experiencias das historias que a Aubrey escrevia, se elas nem se conheciam?
    Na cena em que ela corta a mao do assassino, muito mal feita, nao engana ninguem.
    Achei apelativo na questao da pornografia, nao era necessario a atriz se submeter ao extremo ate pq isso esta deteriorando sua imagem. Ela eh muito mais convincente em filmes “normais”como por exemplo “Sorte no amor”. No filme “Ela eh poderosa”, achei que ja tinha comecado a baixar o nivel, mas agora com este, manchou de vez sua imagem como artista, ela nao tem talento para este tipo de atuacao.
    Enfim, ao mesmo tempo que eh um filme interessante, eh tb um filme confuso, cansativo e meio sem sentido!
    Nota 5.

  10. De fato, esse filme é muito ruim; Eu gosto dela, acompanho sua carreira há algum tempo (independente do que ela faça da vida particular dela, que não é da conta de ninguém), e sempre me chamava atenção algum filme que ela estrelasse, mas depois de Ela é a poderosa e esse Eu sei quem me matou, dá um pouco de receio ir assistir; Mas consigo entender pq ela fez um filme lixo assim; Tem tanto ator renomado que faz uns filmes sem pé nem cabeça e o cara faz sucesso, já vi muito disso. Infelizmente estes dois últimos foram muito ruins; Acho que é aquele lance, de não ficar conhecida como garota do filme água com açúcar, saca? Não vê aquela garota do filme O Diabo Veste Prada? Não me lembro do nome dela, mas enfim, ela fazia filme estilo comédia romântica e o último que ela fez, era bem mais pesado. Ela foi elogiada pela crítica, deu certo prá ela… enfim;

  11. Nossa, vc pegou pesado, tenho certeza que as pessoas que se empenharam para fazer este filme fizeram seu melhor, ao contrário de vc, que deixou uma critica destrutiva e não construtiva, como se tudo o que vc fizesse fosse perfeito e se vc fosse tão verdadeiramente perfeito vc não estaria perdendo seu tempo com um filme tão ‘nojento’…
    Bay

    • Dani, agredeço pelo coment, por mais “pesado” que seja. Como ambicioso promissor à crítico de cinema, me vejo na obrigação de conferir qualquer filme. E odeio falar mal de um antes de vê-lo. Vi o filme “nojento” porque estava curioso. E é complicado você ser construtivo quando o filme não tem base. É preciso começar a construção de algum lugar, e infelizmente este aqui não tem virtudes. Por isso, me vi na obrigação de critica-lo. E não, eu não acredito que sou perfeito, e nunca disse que eu fosse. E perfeição não tem nada a ver com o que a pessoa assiste. E sim, dúvido muito que as pessoas por trás do projeto se empenharam. A própria atriz disse que se arrependeu de tê-lo feito.

      Abraço.

  12. PATÉTICO E CANDIDATO AO FRAMBOESA DE OURO SEM DÚVIDA É O AUTOR DA CRÍTICA DESSE FILME QUE NINGUÉM PERCEBEU, NESSE MUNDO DE SERES FANTÁSTICOS E INTELIGENTES E ESPERTOS, QUE O FILME É PURAMENTE PSICOLÓGICO. A GAROTA TORTURADA PASSA POR UMA DESCONSTRUÇÃO DO SEU SER, POR UM CONFLITO DE IDENTIDADE, QUER SER OUTRA PESSOA, QUER TRANSFERIR SEU TRAUMA PARA UMA IRMÃ IMAGINÁRIA, UMA PESSOA QUE É ELA MESMA, SEU OUTRO “EU”. CARAMBA, NINGUÉM ENTENDEU A DUALIDADE DO INDIVÍDUO NO FILME? SOBRE TRANSTORNO PSÍQUICO? É PURA METÁFORA E O CRÍTICO, IDIOTA QUE É, SÓ ENXERGA A METÁFORA COMO REAL. PESSOA QUE NÃO PENSA NÃO DEVIA ASSISTIR A ESSE FILME, CASO DO AUTOR ACIMA.

    • Mariana, relutei em aceitar seu comentário – tão rude que mereceria a exclusão – mas como adoro debates, vamos lá: No filme “Cidade dos Sonhos”, de David Lynch, ele constrói uma história que nos mostra algo puramente visual, subjetivo e intenso. Para perceber que tudo se trata de uma obra profundamente psicológica sobre a culpa, o remorso e a perda, é necessário uma total imersão. A forma como ele compôs seu filme, nos convida para tal imersão. Em “Eu Sei Quem Me Matou”, o diretor não se interessa por conflitos psicológicos, mas pelo aspecto gráfico e explícito. Se o filme realmente possuiu tais intenções psicológicas como você declara, tal noção foi diluida em uma obra tristemente irregular em diálogos, personagens e clima. A artificialidade incomoda, e a atenção em overdose dada à aspectos superficiais trazem o tédio, não a imersão. O que quero dizer é que você precisa viajar muito – mesmo! – para captar algo profundo no filme. Me desculpe se lhe desrespeito, mas a obra é totalmente burocrática e rasa em qualquer insinuação.

  13. Acabei de assistir esse LIXO desse filme…

    Olha sinceramente, eu dei risada na cena que ela corta a mão do assassino! ahHAHhhaHHA..

    Eu estudo medicina, e sei que seria impossível cortar uma MÃO com tanta facilidade…e a atuação dela em relação ao desespero do momento e a adrenalina de estar cortando um membro de alguém, é INCRÍVEL! haHAhhhaha..

    Que filme LIXO, que atuação RUIM…

    A Lindsay Lohan nunca deveria ter aceitado o papel, mas acho que o que vc disse tá certo, ela tem o “alvara” pra ser puta, acho que ela só pensou na atuação como prosti, e desencanou do resto! ahahha…

    Parabéns Lilo, troféu frambuesa pra vc!

    quer frambuesa AZUL ou VERMELHA?? AHhahHAHha..


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: