Publicado por: Wally | Sábado, Dezembro 15, 2007

Mandando Bala

up.jpg

Tiros no escuro

Ao ver um homem armado correr atrás de uma grávida (supostamente) indefesa, Smith, sentado no ponto de ônibus, acaba sendo envolvido quando tenta salvar a moça, e acaba fazendo o parto dela. Com a morte da mãe, ele é levado a cuidar do pequeno recém nascido, que se demonstrou sendo extremamente importante para um homem de família e de negócios secretos.

Entretenimento é o fator essêncial presente nesse filme de ação e pancadaria com excesso de humor e overdose de extravagância, que joga lógica e o politicamente correto pela janela, abraçando a ousadia e o exagero. De certa forma, isso acaba lhe trazendo apenas coisas boas. A diversão é garantida, a falta de compromisso também. O fato do espectador saber que nunca viu algo assim antes também ajuda no prazer. Ou seja, no final das contas, a ousadia serviu de ajuda, mas em momentos o show de extravagância e exageros podem acabar irritando um pouco, até mesmo para os mais descompromissados. Mas o fato é que, divertido e bem humorado, Mandando Bala é um espetáculo diferente e incomum, que chega com seu objetivo de entreter e se sai imensamente bem sucedido. Eu realmente não esperava mais.

pg.jpgCurto e grosso, o filme já começa vibrante e termina no escândalo. Nenhum segundo é gasto com motivações e lógica, ao menos que sejam acompanhados com tiros e sexo. É pura diversão, nada mais que isso. Se existem valores que podem ser encontrados no filme, de verdade, podemos observar a audácia de certas cenas ao longo da narrativa acelerada e ágil, como também os atores, que não decepcionam. O diretor Michael Davis foi bem corajoso com certas escolhas, e parece ter tido o máximo de liberdade com o filme. Ele o fez como ele quis. Durante vários momentos, percebemos que trata-se de tiros no escuro. Davis de certa forma sabia o que tava fazendo, mas não tinha muita idéia de como iria terminar. Muitas vezes suas intenções acabam sendo atropeladas pelo bom senso da platéia. É do tipo de fita de ação descerebrada, mas em momentos fica difícil desligar tudo. Quando o vê com descompromisso total porém, é facil ficar satisfeito e imensamente contente com as várias sequências de ação e as piadas referenciais e paródicas.

O elenco eleva muito o nível do longa também. Clive Owen mais uma vez parte em uma jornada impossível para salvar a vida de um neném depois de ser encarregado de realizar o parto (alguém aí já esqueceu de Filhos da Esperança?), mas dessa vez sem o apoio dramático e o personagem complexo. Ele simplesmente quer descarregar suas armas em todo mundo que passa pela sua frente, sejam atiradores ou mulheres sensuais. É aqui que entra Monica Bellucci. Um pouco no automático, mas sua oca personagem não obrigou muito da atriz e por isso não incomodou. E como todo filme precisa ter um vilão, nesse temos um deliciosamente genial e hilário Paul Giamatti, um ator excelente que faz do seu papel um personagem exemplar e memorável. Ao lado de Owen, formam a dupla rival perfeita e em completa sincronia. O filme já vale só por eles.

Mas também não podemos descartar outras coisas boas do filme além de seu divertido elenco. Como já disse, audácia e ousadia ajuda, apesar dos exageros contínuos acabar cansando. Um filme que não lhe acrescentará em nada, mas que também o deixa com um ótimo humor e com os nervos à flor da pele. É vibrante, é agil, e funciona como poucos no sentido de entreter. Não deve se manter por muito tempo na memória, mas também não é do típo completamente descartável. Uma boa sessão que valerá a pena pegar, mesmo que seja no conforto de casa num fim de semana chuvoso (ainda melhor que no cinema, sem o compromisso e as exigências).

[Shoot ‘Em Up, 2007] de Michael Davis. com Clive Owen, Paul Giamatti, Monica Bellucci, Stephen McHattie e Greg Bryk. [Ação, 86 minutos]

em.jpg

Otavio Almeida do Hollywoodiano StarStarNo StarNo Star
Vinicius Pereira do Blog do Vinicius StarStarStarNo StarNo Star


Responses

  1. Tenho que ver esse filme essa semana! Senão só no DVD depois. Quando ver comento aqui! ^^

    Terminei HP ontem. Lí o livro todo em 4 dias, agoniado com o rumo que a história estava tomando. Apesar de não achar o melhor, fui absorvido pelo livro, assim como pelo 6 (o melhor pra mim). Adorei o desfecho e como ela tratou a maioria dos personagens! Vou sentir saldade dessa agonia de esperar por mais uma aventura hehehehe
    HP e As Relíquias da Morte ****

  2. Vou assistir a este filme nesta semana e, depois, comento com calma.

  3. O tipo de filme que faz falta no mês de Julho…diversão “quase” que gratuita em mês de férias! Ainda não vi, então fico por aqui…
    Abraço!

  4. Me agradou muito o fato de não ser mais um filme qualquer do gênero. Graças a esses exageros é que “Mandando Bala” pode ser considero como um diferencial para as fitas de ação, ainda que seu clima muito ousado seja cansativo mesmo. Fica no meio termo entre bom entretenimento e filme de ação clichê. Bela crítica (e valeu pelo link!).

    Abraço!

  5. Poxa, Wally!
    Tem que ser um final de semana chuvoso? Terei que esperar até o próximo inverno?
    Brincadeiras a parte, gostaria muito de ver este filme, ainda que acredite pode não ser tão divertido e engraçado como estou esperando que seja.

  6. Valeu pelo link, Wally. Acho que vc descreveu o filme muito bem. E é “Domingo Maior” da melhor qualidade!

    Abs!

  7. Wally, acabei de chegar do cinema e ri horrores com esse filme, que é mesmo entretenimento puro. Ele tenta fugir ao máximo dos clichês dos outros filmes de ação, mas tem cenas competentes.

    Curiosidade: na sessão em que eu assisti ao filme, muita gente desistiu do filme no meio da sessão, mas um homem que estava ao meu lado ri tão alto, que eu acho que ele estava adorando tudo aquilo. :-)


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: